fbpx
Profissional de Inteligência

Como me tornei um Profissional de Inteligência

  • 1 outubro, 2021

O relato a seguir foi escrito pelo nosso Coordenador de Pós-Graduação e um dos fundadores do Instituto Cátedra, Coronel PMMT Clarindo Alves de Castro, em que informa, em tom pessoal, como se tornou um Profissional de Inteligência. Boa leitura!

Hoje compartilho com vocês breve relato de minha trajetória dentro da área da Inteligência, onde o investimento em conhecimento foi determinante para o meu desenvolvimento profissional, bem como para uma ascensão na carreira como um Profissional de Inteligência.

O início como Policial Militar

Após ingressar na Polícia Militar, em 1989, realizei o Curso de Formação de Oficiais em Santa Catarina. Pois, à época, não havia o CFO no Mato Grosso.

Ao retornar, em 1992, trabalhei em diversas unidades, comandando batalhões e outras unidades policiais militares, tanto na capital Cuiabá quanto no interior do Estado do Mato Grosso, como Rondonópolis, Cáceres e Rosário Oeste.

Primeiros passos como Profissional de Inteligência

Em 2005, fui convidado pelo Coronel PM Orestes Teodoro de Oliveira para trabalhar na função de Coordenador de Informação e Contra Informação da Casa Militar. Foi a unidade em que comecei a trabalhar, efetivamente, na Atividade de Inteligência.

Como não detinha muita experiência nessa área, comecei a estudar e a realizar cursos específicos. O primeiro foi na Agência Brasileira de Inteligência em 2005, em Brasília/DF. Até publiquei artigos acadêmicos.

Em 2006, fiz uma especialização sobre a atividade de Inteligência na Universidade Federal de Mato Grosso. Terminando essa pós-graduação, aceitei a sugestão do Coronel Edson Rondon para transformarmos as nossas pesquisas monográficas em um livro.

Foi a minha primeira obra literária. Ela foi intitulada “Inteligência de Segurança Pública. Um Xeque-Mate na Criminalidade”, publicada pela editora Juruá de Curitiba/PR.

Posteriormente vieram outras especializações, como o CSP (Curso Superior de Polícia) e as Ciências Jurídicas. Acredito que foi em virtude desses estudos que começaram a surgir convites, especialmente pelo Ministério da Justiça, para ministrar aulas sobre a Atividade de Inteligência, tanto em Mato Grosso, quanto em diversas unidades da federação, como Rio Grade do Sul, Paraná, São Paulo, Amazonas, Ceará, Goiás e outras.

Percebendo todos os benefícios em investir em Conhecimento e em Inteligência, segui ao longo dos anos realizando mais cursos, como o Superior de Inteligência Estratégica (CSIE) na Escola Superior de Guerra, Rio de Janeiro, pelo Ministério da Defesa, com duração de 566 horas/aulas em 2010. Não parei mais.

Ainda graduei em Direito e concluí o mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso. Fui tutor dos cursos de Inteligência da SENASP por mais de 5 anos e fui diretor da Agência Central de Inteligência da PMMT por duas oportunidade, 2009 e 2016.

Na área literária, escrevi outros livros, capítulos de livros e artigos científicos. Sou membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT), membro do Instituto Brasileiro de Segurança Pública (IBSP) e membro correspondente da Academia de Letras dos Militares Estaduais de Santa Catarina (ALMESC).

Criação do Instituto Cátedra

Este caminho, do qual tenho muita satisfação de ter percorrido (e ainda percorro) me trouxe até o ano de 2018, quando, junto a profissionais de diversas áreas, ajudei a criar o Instituto de Pós-Graduação e Desenvolvimento Profissional Cátedra (IDC).

Como Coordenador de Pós-Graduação do IDC, passei a transmitir anos de conhecimento teórico e prático a profissionais das mais diversas áreas, interessados nas Áreas de Inteligência e Segurança Pública. Desta forma, consigo conduzir uma das missões do Instituto Cátedra: levar o conhecimento às pessoas que desejam, assim como eu, se tornar um Profissional de Inteligência.

Dizem que aprendemos mais quando ensinamos, e eu acredito firmemente nesta afirmação.

Por meio do Instituto Cátedra, ao ter o privilégio de transmitir conhecimento, ao lado de renomados professores e profissionais em suas áreas, sigo aprendendo ainda mais.

    • kauana jamille da silva
    • 26 dezembro, 2021
    Responder

    Perfeito obrigada por transmitir seu conhecimento, é um caminho difícil para quem está começando, não temos crédito, mas não desistirmos de lutar e buscar conhecimento. Obrigada por compartilhar

Comente sobre este artigo